Cliente Oculto: 4 cuidados para não cair em fraudes

O trabalho de cliente oculto é bem simples de ser executado, basta que o candidato fique atento às exigências e os pontos que precisam ser avaliados no teste. São diversas oportunidades para testar inúmeros modelos de negócios, tipos de serviços e produtos e para empresas de inúmeros segmentos.

Com esse leque de opções tão vasto, avaliações muito interessantes, como viagens, restaurantes, clubes, hotéis e testes com cosméticos aparecem aos montes e fazem com que os profissionais fiquem cada vez mais interessados na modalidade.

Por outro lado, existem diversas empresas preparadas para aplicar golpes em pessoas muito deslumbradas com as oportunidades oferecidas. Para não ser uma vítima da fraude do cliente oculto, continue lendo este conteúdo e confira nossas 4 dicas.

1. Desconfie de oportunidades que pedem dinheiro

É comum que, ao atuar como cliente oculto, adquirindo um produto ou contratando um serviço, o profissional precise fazer o pagamento para a empresa que será testada. Por exemplo: você foi contratado para testar o atendimento e a comida de um restaurante que acabou de abrir.

A empresa de cliente oculto vai estipular um valor máximo que você pode gastar, pedirá que você faça o pagamento no estabelecimento e guarde os comprovantes da compra para que o reembolso seja feito posteriormente.

Porém os golpistas estão aproveitando essa prática para informar ao cliente oculto qual será o valor que ele poderá gastar e pedindo que o pagamento seja feito em uma conta que não pertence ao suposto estabelecimento.

Uma empresa séria, que presta serviços como cliente oculto, nunca solicita pagamentos diretos e antecipados.

2. Taxa para cadastro

O cadastro com as empresas de cliente oculto é feito de forma gratuita, ou seja, não é necessário o pagamento de nenhum tipo de taxa. Porém um golpe comum nesse mercado é a cobrança de taxa de inscrição ou cadastro para cliente oculto.

Os golpistas solicitam ao profissional que ele faça o pagamento de uma taxa e chegam até a notificá-lo sobre o recebimento do cadastro, mas o interessado nunca é chamado para nenhuma avaliação. Ao entrar em contato, ele é informado que seu perfil não atende as regras das avaliações ativas.

3. Pesquise sobre a empresa na internet

Pesquise sobre a empresa que deseja prestar serviço. Busque sobre ela no Reclame Aqui, veja os comentários e os problemas enfrentados pelos clientes, veja se a empresa tem redes sociais, há quanto tempo, se interage com os seguidores e as publicações e avaliações do público.

Além disso, buscar empresas que já estão há alguns anos no mercado, atendendo grandes marcas, é uma segurança de que tudo correrá bem.

4. Desconfie de propostas muito boas

Apesar de ter diversas oportunidades interessantes, o cliente oculto é um tipo de serviço que ajuda as empresas a melhorarem e aumentarem seus lucros, por isso dificilmente fará ofertas que vão causar uma despesa muito grande para a marca que os contratou.

Quer conferir mais dicas sobre cliente oculto? Acompanhe nosso blog.