Como ser um cliente oculto: veja como se cadastrar

O cliente oculto pode ser considerado uma das peças mais importantes de uma avaliação da qualidade de produtos e serviços. Isso porque esse “cliente misterioso” é imparcial e relata, de forma crítica e detalhada, tudo o que aconteceu em seu contato e visita à empresa contratante.

Não sabe ainda como funciona um trabalho de cliente oculto? Está em busca de uma atividade flexível para aumentar sua renda e não sabe por onde começar? Então fique atento ao post de hoje e tire todas essas dúvidas!

O que faz o cliente oculto?

O trabalho do cliente oculto tem ligação direta com a experiência dos clientes com determinada marca. Entenda que as formas de consumo sofreram modificações e, hoje em dia, a experiência do cliente é o ponto mais valorizado. Você, enquanto cliente, certamente já se decepcionou com um serviço ou atendimento recebido. Ou, ao contrário, alguma situação ou tática de marketing deve ter encantado você.

Com isso em mente, vale entender que o cliente oculto é uma pessoa selecionada e capacitada para visitar e/ou entrar em contato com as empresas, passando por um cliente comum. Daí, conforme as solicitações do contratante, são observados em detalhes o atendimento prestado, os canais de comunicação, a qualidade dos produtos e/ou serviços, entre outros aspectos.

Os resultados obtidos são entregues em relatórios, de modo que a marca em questão busque as medidas de aprimoramento dos pontos que foram evidenciados, especialmente os negativos. Isso tudo tendo em vista o crescimento do negócio e o aperfeiçoamento dos processos.

Como se cadastrar para ser um cliente oculto?

O interessado em trabalhar como cliente oculto deve procurar uma empresa de excelência no mercado e que aceite o cadastro de pessoas para cumprir esse tipo de serviço.

Então, o interessado responderá a uma série de perguntas, que envolvem seus hábitos de lazer e de consumo, para que a partir daí seu perfil possa ser montado. Depois, é só aguardar para ser chamado quando o seu perfil se encaixar nas exigências de uma empresa contratante.

Os perfis podem exigir que as pessoas sejam desinibidas, pois pode existir a necessidade de criar situações nas quais o cliente oculto precisará testar as adaptações dos colaboradores, atuando no papel de um “cliente mais difícil”, por exemplo.

Entre algumas das requisições, é necessário ser maior de 18 anos e ter, pelo menos, concluído o ensino médio.

Existe remuneração para quem faz esse trabalho?

Sim. O cliente oculto é remunerado normalmente por dia de trabalho. Os valores dependem da complexidade do serviço executado e também do perfil da empresa contratante.

A avaliação de uma sorveteria, por exemplo, pode ser entendida como menos complexa do que a avaliação de uma concessionária de veículos. Se o cliente oculto tem poucos pontos a observar, as perguntas podem ser em pouco volume. E, consequentemente, o relatório será mais enxuto. Em média, os valores de cachê podem variar entre R$ 50,00 a R$ 500,00.

Ser cliente oculto pode ajudar a aumentar a sua renda. Além de ser uma atividade flexível e que contribui bastante para o desenvolvimento e crescimento das marcas e estabelecimentos que estão atuando no mercado.

O que achou de saber sobre essa atividade? Já considerou trabalhar como cliente oculto? Conte aqui nos comentários!